O Camarão de Água doce ou Pitu (Metanephrops Rubellus) como é chamado em várias regiões do Brasil se alimenta 
basicamente de algas, microorganismos vegetais. Este crustáceo ;e muito admirado por aquaristas pela sua beleza e fragilidade e dificuldade em mante-lo vivo em aquários. O grande problema que o Pitu pequeno é um grande atrativo para os Peixes em Geral,  e o Pitu é capturado facilmente, e possui uma resistência menor que um peixe, portanto  logo cansa e é apanhado .... Estes crustáceos vivem melhor em águas ligeiramente salobras, mas nada impede de ser criado em águas doce. São encontrados em Baías e Rios de Agua Salobras . Não é conveniente deixa-lo em temperaturas acima de 27 graus.  Quando adultos são resistentes a temperaturas maiores e a menores quantidades de O2 dissolvido na água. A reprodução em aquários é muito difícil, ocorre porém em grandes tanques.
 
 

Temperatura Reprodução Origem Ph Dh Iluminação Alimentação
25 a 27 G Ovipara Rios 7.2 a 7.6 15 Média 10 hs Dia Centro

Foto Autorizada de Joseph Wolff